Cunhã Forrageira
Compartilhe:

Cunhã Forrageira - Embalagem com 05 kg

Código: 8989

A Cunhã forrageira é uma leguminosa tropical perene, originária da Ásia. Apresenta caules finos, com grande massa foliar, portanto adequada à produção de feno de excelente qualidade. Se adequadamente irrigada, pode ser cortada a intervalos de 42-56 dias para produção de feno, quando apresenta em média até 26% do proteína bruta na matéria seca.

R$ 225,00 R$ 215,00 até 3x de R$ 71,67 sem juros
R$ 204,25 no boleto

Produto indisponível
Parcelas
  • 1x de R$ 215,00 sem juros
  • 2x de R$ 107,50 sem juros
  • 3x de R$ 71,67 sem juros

Cunhã Forrageira


  • Nome científico: Clitória Tenátea
  • Tempo de formação: 150 dias
  • Produção de massa (MS): 24 ton/ha/ano
  • Proteína bruta na MS: 14 a 26 %
  • Utilização: Consorciação de pastagem, feno e adubação verde
  • Embalagem do produto: a partir de 01 kg


A escassez de forragem de boa qualidade pode ser apontada corno uma das causas da baixa produtividade de pecuária brasileira, especialmente, da nordestina. Consciente do problema, o pecuarista vem ocupando as melhores áreas da fazenda com forrageira que, embora aumentem a produção de alimentos, pouco contribuem para melhorar a qualidade da forrageira. O Departamento de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará, com apoio financeiro do Fundo de Desenvolvimento Cientifico a Tecnológico (FUNDECI) do Banco do Nordeste do Brasil S/A, desenvolveu pesquisas com o objetivo de oferecer aos criadores alternativas viáveis de melhoramento da alimentação dos rebanhos. Entre as inúmeras forrageiras avaliadas, destaca-se a Cunhã.



Descrição da Planta

A Cunhã forrageira é uma leguminosa tropical perene, originária da Ásia. Apresenta caules finos, com grande massa foliar, portanto adequada à produção de feno de ótima qualidade e vem mostrando excelente adaptação à condições ecológicas diversas.



Valor nutritivo produtividade e palatabilidade

Os estudos realizados mostraram que a Cunhã forrageira, se adequadamente irrigada, pode ser cortada a intervalos de 42-56 dias para produção de feno, quando apresenta em média até 26% do proteína bruta na matéria seca. Podem ser efetuados até nove (9) cortes por ano, obtendo-se uma produção média de duas toneladas e meia de feno hectare por corte.


Baixos Riscos / Custos Baixos e Lucros

Através de uma avaliação econômica no cultivo da CUNHÃ concluiu-se que esta forrageira é uma alternativa de pouco risco e baixo custo para o produtor, apresentando excelente adaptação às condições ecológicas do NE. A rusticidade a adaptação desta leguminosa permite seu cultivo sem maiores exigências tecnológicas, podendo ser produzida nas propriedades que dispõe de um mínimo de água.

A conclusão de 1 (um) dos muitos trabalhos realizados foi de que o consumo de proteína pelos animais indicou que a CUNHÃ atende as necessidades de CAPRINOS E OVINOS mesmo para os de categoria mais exigente.



Produção de forragem


A melhor massa de folhagem de CUNHÃ para produção de feno é obtida quando a cultura irrigada é cortada a intervalos de 42-56 dias e para consumo na forma verde a intervalos de 71-84 dias, com uma altura de corte não inferior a 10 cm. A irrigação independente do sistema, deve ser feita semanalmente. Durante o período chuvoso o crescimento vegetativo será aproveitado para recuperação da cultura, ao passo que durante a estação seca o aproveitamento será exclusivamente feito mediante os cortes para fenação ou forragem verde a intervalos regulares.

A CUNHÃ pode ser cultivada também em regime de sequeiro, aproveitando-se a produção na estação das chuvas, para pastoreio ou corte deixando-se em repouso durante o período seco.



Tratos Culturais

A primeira limpa deverá ser feita com, aproximadamente, 30 dias, após o plantio, ou quando ocorrer grande infestação de ervas daninhas. Geralmente, haverá necessidade de duas limpas entre o plantio e o primeiro corte e, posteriormente, uma capina após cada corte.



Preparo do Feno

Para a produção do feno, após o corte, a massa verde deverá permanecer no campo, espalhada por 5 ou 6 horas, para murchar; em seguida deve ser juntada em leiras frouxas a assim permanecer ainda por um período de 18 a 19 horas, aproximadamente. Nesse meio tempo, as leiras são reviradas, duas vezes, a fim de facilitar a secagem uniforme da massa. A armazenagem de feno é preferivelmente feita na forma de fardos, confeccionados manual ou mecanicamente.


Utilização da Forragem

A CUNHÃ, ministrada aos animais na forma de verde ou de feno tem apresentado excelente palatibilidade para todas as espécies de herbívoros domésticos. Para melhor aproveitamento, tanto sob a forma de verde como de feno, a forragem da Cunha deve ser triturada.

Semente convencional

Ovinos e Caprinos

Equinos

Bovinos

Feno

Pisoteio

Adubação Verde

Resistente à seca

Notas totais

  • 1 5
  • Média geral
  • Beleza do produto
  • Usabilidade do produto
  • Atendimento e segurança

O que clientes dizem

escreveu na data :
Excelente
  • Média geral
  • Beleza do produto
  • Usabilidade do produto
  • Atendimento e segurança

Aproveite Também

Indisponível

R$ 110,00 R$ 84,90

Indisponível

R$ 80,66 no boleto
Indisponível

R$ 120,00 R$ 109,00

Indisponível

R$ 103,55 no boleto
Indisponível

R$ 120,00

Indisponível

R$ 114,00 no boleto