Brachiaria Marandú (Brachiarão) - sementes incrustadas - saco c/ 10 kg CE8983

Brachiaria Marandú (Brachiarão) - sementes incrustadas - saco c/ 10 kg

Ref.: CE8983 Compra Segura

A Sementes incrustadas são sementes de alta pureza e vigor. Contam com uma proteção especial permitindo uma maior velocidade e uniformidade na germinação das plantas.

R$ 135,00 Em 3x de R$ 45,00 sem juros
R$ 121,50 à vista

Escolha uma opção

Produto indisponível

Brachiaria Marandú

(Brachiarão, Brizantão)


Nome científico: Brachiaria brizantha 
Cultivar: Marandu 
Fertilidade do solo: Média a alta
Forma de crescimento: Touceira semi-ereta
Altura: 1,0 a 1,5m
Utilização: Pastejo direto, silagem e fenação
Digestibilidade: Boa
Palatabilidade: Boa
Precipitação pluviométrica: Acima de 800 mm anuais
Tolerância à seca: Média
Tolerância ao frio: Média
Teor de proteína: 11% na MS
Profundidade de plantio: 1 a 2 cm
Ciclo vegetativo: Perene
Produção de forragens: 10 a 14 t/ha/ano de matéria seca (MS)
Cigarrinha das pastagens: Resistente
Formigas cortadeiras: Resistente
Restrição: não tolera solos encharcados e de má drenagem
Consorciação: Arachis pintoi, Soja perene, Calopogônio e Java 

Embalagem do produto: 10 kg

Quantidade por hectare: 10 a 20 kg



O Brachiaria Marandúconhecido popularmente como Brachiarão, tem origem na África Tropical, é um dos mais populares capins do país. Possuindo tolerância média à seca e ao frio, se desenvolve bem em solos não úmidos, são resistentes à cigarrinha, possuem bom valor forrageiro e alta produção de massa verde. O Brachiarão possui boa cobertura de solos, alta capacidade de competição com invasoras e estabelecimento rápido. 

 


VANTAGEM DAS SEMENTES INCRUSTADAS


A Sementes incrustadas são sementes de alta pureza e vigor. Contam com uma proteção especial permitindo uma maior velocidade e uniformidade na germinação das plantas.


• Melhor eficiência no plantio (por terra ou aéreo)

• Maior poder de germinação (sementes escarificadas)

• Redução ao ataque de pássaros, formigas e cupins

• Maior resistência ao estresse hídrico e mecânico

• Sementes tratada com fungicida

• Maior facilidade na regulagem das semeadeiras 



CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS


Esta gramínea se desenvolve bem em condições tropicais, desde o nível do mar até 2.000 m de altitude, em regiões com boa precipitação pluvial anual superior a 700 mm e cerca de 5 meses de seca. Adapta-se bem a solos de média a alta fertilidade. Textura média ou arenosa é a mais adequada para este cultivar, que não tolera solos argilosos e siltosos. Apresenta média proteção ao solo, podendo ser indicada para áreas de relevo plano a ondulado. 
O cultivar Marandu tem boa tolerância ao sombreamento, ao fogo e a seca. Não tolera solos encharcados e é suscetível a geadas. Este cultivar tem boa resposta à adubação e as consorciações podem ser feitas com Arachis pintoi, estilosantes, calopogônio, soja perene, java e puerária.
Este cultivar tem também como característica a alelopatia, que é a produção de substâncias, que quando liberadas no ambiente, pode afetar o desenvolvimento de outras plantas.
Em regiões com problemas de formigas cortadeiras, a Marandu é uma das boas opções de plantio, uma vez que as formigas não atacam esta planta e são eliminadas por inanição. Outra importante característica desta cultivar é a sua resistência a cigarrinha-das-pastagens (Zulia entreriana e Deois flavopicta). Existem informações, principalmente no norte do Brasil, que a cigarrinha do gênero Mahanarva está atacando este cultivar e este tem se mostrado susceptível.
Em média, um grama de sementes contém cerca de 120 sementes puras e viáveis e no plantio as sementes devem ser incorporadas a 1,0 a 2,0 cm de profundidade.


 

UTILIZAÇÃO E MANEJO


Utilizada para pastejo direto pelos animais, silagem e fenação, sendo indicada para cria e engorda de bovinos, não é aceita por eqüinos, ovinos e caprinos. Recomendamos o uso do Marandú em pastagens rotacionados ou em piquetes pequenos, onde o pasto possa ser vedado para sua recuperação após o uso. Em caso de novo estabelecimento, a área pode ser pastejada cerca de 90 dias depois da germinação das sementes, dependendo sempre das condições climáticas. No pastejo rotacionado os piquetes devem ficar entre 30 a 35 dias em descanso durante o período chuvoso e quente do ano, com 1 a 5 dias de utilização. Na seca e frio o tempo de descanso da área é bem maior. Em caso de pastejo contínuo a altura mínima de pastejo é cerca de 20 a 25cm, altura esta em que, a quantidade de talos  é maior  do que a quantidade de folhas.

Semente incrustada

Bovinos

Pisoteio

Resistente à seca

Controle de erosão

Aproveite Também

Brachiaria Brizantha Piatã - Sementes incrustadas - saco c/ 10kg

Por: R$ 149,00

3x de R$ 49,67 sem juros

R$ 134,10 à vista

Brachiaria Brizantha Marandú (Brachiarão) - saco c/ 15 kg

Por: R$ 135,00

3x de R$ 45,00 sem juros

R$ 121,50 à vista

Capim Mombaça - sementes incrustadas (vc76%) - saco c/ 10 kg

Por: R$ 135,00

3x de R$ 45,00 sem juros

R$ 121,50 à vista

Capim Massai - sementes incrustadas (vc76%) - saco c/ 10 kg

Por: R$ 249,00

3x de R$ 83,00 sem juros

R$ 224,10 à vista